domingo, 20 de dezembro de 2015

Devia correr o risco e ultrapassá-lo, não devia?


Ontem dei por mim a pensar na hipótese de sair do país agora, logo no início do ano como tantos colegas meus vão fazer. 

Assustei-me. Assustei-me com o medo do desconhecido, com a possibilidade de estar sozinha com pessoas que não conheço, num sítio que desconheço onde tudo é novo e diferente.

Se há 3 anos atrás tudo o que queria era vir para a faculdade e começar num sítio completamente novo, com pessoas novas, sem segredinhos e conflitos, hoje penso diferente. E penso diferente não sei se por medo, se tem a ver com a maturidade a mais que veio com os anos... 

Não sei se gosto deste medo, mas a verdade é que ele existe.

2 comentários:

Jessy Silva disse...

Eu não sei se algum dia irei conseguir sair do nosso país :o

Ella disse...

Eu pessoalmente não quero sair de cá, adorava ter a experiência de trabalhar em projecto internacionais mas adoro morar cá. Acho que o querer ficar cá não é mau. As vezes quando digo "quero ficar cá" toda a gente olha com aquela cara do "és parva?!" mas para mim faz todo o sentido nem toda a gente tem a vontade de viver num pais que não é o seu mais do que uma simples experiência.